Avaliação de Desempenho x Teste de Admissão x Ética e Moral


A Organização Povo S/A, filial 011 – São Paulo – SP, realizou no dia 15/11/2020 um processo de recrutamento, seleção e efetivação para uma vaga de: Cuidador Geral. No processo havia um candidato interno, que já estava ocupando a vaga há dois anos e meio, que é o Sr. Pits e abriu seleção para vários candidatos externos.


CANDIDATURA EXTERNA: Dos vários candidatos externos, o Sr. Caukes foi o mais bem avaliado com um nota de 2,02, numas escala de 0 a 10. Porém muito inferior a nota de 5,01 para assumir o cargo.

CANDITATURA INTERNA: Embora o Sr. Pits estando no cargo, sua avaliação de desempenho foi de 3,29, numa escala de 0 a 10, também muito abaixo do resultado esperado para contratação imediata.

CONCLUSÕES INICIAIS:


1) SOBRE O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO:

A avaliação de desempenho é basicamente realizada verificando o que a pessoa foi capaz de realizar no tempo que ocupou e/ou ocupa o cargo. É muito simples: olhamos os resultados atingidos, verificamos se estes resultados atenderam as demandas existente e verificamos se houve problemas de competência para realizar as tarefas demandadas. Dito isso, criamos as regras necessárias e damos o veredito.


No caso os Sr. Pits, os mais de 12 milhões de avaliadores de desempenho chegaram à conclusão de que a nota merecida foi 3,29. Lembrando que, geralmente a avaliação de desempenho analisa o passado e não as intenções futuras.


2) SOBRE O PROCESSO DE TESTE DE ADMISSÃO

Já o Sr. Caukes, no seu teste admissional, foi avaliado com base nas intenções futuras e não nas suas entregas do passado. Os mesmos 12 milhões de avaliadores deram uma nota de 2.02 pelas promessas feitas, já que não conhecem como o Sr. Caukes vai realizar suas promessas. Natural então, que sua avaliação seja mais baixa do que a do Sr. Pits


3) SOBRE OS DOIS PROCESSOS: AVALIAÇÃO E TESTE

É razoável concluir até aqui, que os sistemas de avaliação e testes são falhos e proporcionam dois equívocos sérios a saber:

  • 1) Um se baseia apenas no passado e o outro no futuro;

  • 2) Um se baseia em fatos e o outro em narrativas

Esses equívocos levaram os mais de 12 milhões de avaliadores a “misturarem” essas premissas proporcionando julgamentos imprecisos. Vejamos:

  • 1) Tecnicamente, se o Sr. Pits, mesmo já estando no cargo, ficou abaixo da nota mínima esperada de 5,01, já deveria ser eliminado do processo, pois ele está sendo avaliado pelas suas realizações e a nota demonstra que foram poucas diante dos olhos dos avaliadores

  • 2) Da mesma forma o Sr. Caukes deveria ser eliminado também, pois o teste de admissão mostrou que sua narrativa não atende a maioria doa avaliadores. É um discurso que não foi efetivo e crível. Tirou uma nota de 2,02, muito aquém do mínimo de 5,01 para assumir o cargo.


NOVA TENTATIVA – RESULTADOS EQUIVOCADOS


Em função das notas dos avaliadores não atingir o mínimo exigido, nem para um e nem para outro candidato, a Organização Povo S/A decidiu, do meu ponto de vista equivocadamente, fazer uma nova avaliação de desempenho e um novo teste admissional, o que é incomum em outras organizações. A avaliação será dia 29/11/2020.

Os equívocos de: passado-fatos e futuro-narrativa, continuarão a proporcionar aos avaliadores um visão distorcida de quem escolher. Vencerá quem já deveria ter sido eliminado. Os critérios desta vitória serão 100% subjetivos.

A Organização Povo S/A poderá ter no seu cargo de grande importância: Cuidador Geral, uma pessoa que já desempenhou muito aquém do esperado ou outra pessoa que poderá não desempenhar nada e ficar apenas na narrativa.


PERGUNTA: O QUE VOCÊ FARIA SE FOSSE NA SUA ORGANIZAÇÃO?


ÉTICA E MORAL COMO FIO CONDUTOR DOS PROCESSOS


Na minha opinião, esses processos são apenas técnicos e não humanos. Não conseguimos, por meio deles, enxergar a verdadeira realidade e intenções conscientes e inconscientes dos candidatos para qualquer cargo no mundo.


Se faz necessário e urgente, criar processos que investiguem a Postura Ética e Moral das pessoas na sua trajetória de vida. Ninguém tem Postura Ética e Moral 100% do tempo. Não é essa a questão. A avaliação é como a pessoa trata disso no seu íntimo e como ela se refaz diante da necessidade de assumir essa Postura Ética perante a vida.


Ética e Moral são fio condutores eficientes e efetivos. Ninguém consegue passar por uma avaliação e sair o mesmo. A pessoa quando confrontada, com os conceitos estruturados de Ética e Moral, repensa sua vida e, se for sua tendência faz uma atualização e muda sua trajetória. Caso contrário, não liga para nada mesmo e continua um ser humano menor.


Se os Senhores Pits e Caukes reavaliarem sua trajetória do ponto de vista ético e moral, seja olhando para o passado e/ou para o futuro expondo esse processo para todos, os avaliadores terão mais condições de entender a natureza humana e escolher quem, verdadeiramente, propõe uma mudança substanciais.


Xiko Acis

13 visualizações

© Todos direitos reservados a 7S Projetos Ltda | Aprendendo a Pensar - Especialistas em Ética e Moral

    São Paulo - Brasil - info@aprendendoapensar.com.br

    Veja nossa Política de Privacidade

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn