Anomia: O mal contemporâneo


Este termo foi cunhado primeiramente por Émile Durkheim em seu livro O Suicídio. Durkheim emprega este termo para mostrar que algo nas pessoas não funciona de forma harmônica. Algo está funcionando de forma patológica ou "anomicamente." Ele demonstra que muitas pessoas optam pelo suicídio por anomia, ou seja, por pura fata de propósito/significado em suas vidas.


Partindo dessa premissa podemos encontrar, não só pessoas anômicas como também empresas anômicas. Na verdade é o que mais ocorre no mundo dos negócios. A falta de um significado/propósito maior da empresa acabadeterminando o seu prazo de validade. Se continuar anômica perecerá em pouco tempo.


Propósito/significado podem conter a missão/visão declarada, mas nunca estar contido. O propósito/significado são maiores e mais inspiradores. Sempre falo que missão e visão, geralmente, são feitas para se colocar na recepção das empresas. São apenas palavras em um quadro que no fundo não significa nada para as pessoas. É comum parar um colaborador e perguntar, qual a missão de sua empresa? A resposta, invariavelmente é, veja bem....


Encontramos o propósito/significado da existência de uma empresa quando fazemos um esforço estruturado para responder: Para quê a empresa existe?


Digo esforço estruturado querendo afirmar que tal definição não cai do céu. É necessário reunir os colaboradores e criar esse "para quê" empresarial, com base e na discussão dos"para quê´s" individuais. É uma construção engajada de todos os colaboradores que querem mais do que salário, benefícios, carreira, etc.